COE, Draco e COPPM evitam Tentativa de assalto a malote com R$ 100 mil causa tumulto e morte dentro da Ceasa.



Em uma ação de inteligência e resposta rápida equipes da Coordenação de Operações Especiais (COE), do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), ambos da Polícia Civil, e do Comando de Operações da PM (COPPM) impediram o roubo de R$ 100 mil, na Ceasa de Simões Filho. O trabalho aconteceu, no final da tarde de sexta-feira (13). Sabendo da tentativa, os policiais montaram uma campana e interceptaram Alessandro Santos de Carvalho, Paulo Sergio Dias de Sousa Junior e Anderson Luis Silva dos Santos. O trio atirou de raspão em um homem que segurava o malote com a quantia e depois entrou em confronto com as forças de segurança. O assaltante Anderson acabou ferido, chegou a receber atendimento, no local, através de uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu. Os outros dois acabaram presos em flagrante. Com o trio foram apreendidos uma pistola calibre 9mm (uso restrito), um revólver calibre 38, carregador, munições, um carro modelo Gol, uma motocicleta modelo Bros e três celulares. "Desarticulamos mais uma quadrilha especializada em roubos de valores. Conseguimos reduzir os casos em 2019 e seguiremos com o trabalho de inteligência, antecipando as ações", comentou o diretor do Draco, delegado Marcelo Sansão. Acrescentou ainda que o líder do bando não estava na tentativa de roubo, mas está identificado e sendo procurado. Fonte: Ascom

Postar um comentário

0 Comentários