Prêmio de Educação tem cerimônia final na Cidade do Saber nesta terça-feira, dia 26/11.




Iniciativa das empresas do Polo Industrial de Camaçari, o Prêmio de Incentivo à Educação terá sua cerimônia de premiação no dia 26 de novembro, a partir das 14h, no teatro da Cidade do Saber, em Camaçari. De um total de dez escolas classificadas para a etapa final, serão anunciadas quatro (duas de Camaçari e duas de Dias d´Ávila) que se destacaram na implementação dos projetos selecionados, cujas ações previstas para o ano letivo de 2019 foram acompanhadas por uma comissão de avaliação formada por educadores.




Realizado em parceria com as secretarias de Educação de Camaçari e Dias d’Ávila, o Prêmio de Incentivo à Educação tem por objetivo contribuir para fortalecimento do ensino e aprendizagem nas escolas públicas municipais, com foco no desenvolvimento dos alunos em Leitura, Expressão Oral e Escrita. As ações pedagógicas desenvolvidas pelas escolas para atender os objetivos do prêmio abordaram diferentes conteúdos e metodologias, baseados em temas atuais e motivadores.



A premiação envolve não só os alunos da educação infantil até o 9o ano do ensino fundamental, como também professores, familiares dos estudantes e a própria comunidade. As escolas classificadas para a etapa final receberam ajuda de custos para implementação dos projetos. Aquelas que se destacaram (duas de cada município) receberão prêmio final de R$ 10 mil por escola.



As escolas com projetos selecionados para a etapa final da premiação terão suas experiências pedagógicas transcritas em uma publicação a ser divulgada na rede municipal de ensino de Camaçari e Dias d´Ávila. As ações desenvolvidas pelas escolas abordam diferentes conteúdos e metodologias, mas sempre com foco no desenvolvimento dos alunos em Leitura, Expressão Oral e Escrita.




A Comissão de Avaliação do prêmio foi formada por Eliete Santana (mestre em Linguística e professora da Língua Portuguesa e Linguística Aplicada da Faculdade Jorge Amado); Marieni Oliveira (pedagoga, com especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional); Rutildes Moreira da Fonseca (mestre em Letras, professora de Metodologia e Prática do Ensino do Português da UFBA); e Nilton Lopes (bacharel em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela UFBA).







ESCOLAS FINALISTAS

Dias d'Ávila

Escola Anfrísia Santiago

Escola Madre Diamantina

Escola Araci Reis

Escola Florêncio Borges

Escola Biribeira





Camaçari

Escola Marina Tavares

Escola Paulo Freire

Escola Parque Florestal

Escola Edelzuita Barreto

Escola Fonte do Caixa







Assessoria de Imprensa

Companhia de Comunicação.

Postar um comentário

0 Comentários