Portal Camaçari Destaques

Barragem se rompe e água já invade povoado na Bahia; vídeo.

Caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (11)

 

Uma barragem do povoado de Quati (BA), que pertence ao município de Pedro Alexandre (BA), localizado a 435 km de Salvador, se rompeu na manhã desta quinta-feira (11). As informações são do G1 Bahia.

 
Foto: Divulgação/PRF

Ao G1, a defesa civil informou que as chuvas fortes que atingiram o interior baianos podem ter contribuído para o rompimento da barragem. 

A cidade Coronel João Sá, que fica a cerca de 45 km do município de Pedro Alexandre, pode ser atingida pela água e lama advinda do rompimento da barragem. Há risco de invasão dos imóveis e prejuízos materiais. 

Em sua conta no Instagram, o prefeito de Coronel João Sá, explicou que esta situação é atípica e pediu para que as pessoas saíssem das duas casas e fossem em direção às escolas da cidade. 


Em entrevista ao G1, a coordenadora de Defesa Civil em Pedro Alexandre, Carla Leão, afirmou que algumas casas que ficam no povoado de Quati foram invadida pela lama. 

 
 


"Algumas casas foram invadidas, mas não teve feridos. Ainda não conseguimos contato com esses moradores porque o povoado está ilhado. Tem muita lama e água no caminho. Apesar disso, sabemos que eles não foram atingidos porque entramos em contato antes, e eles deixaram as casas antes do rompimento", disse a coordenadora ao G1.

"A preocupação é com a cidade de Coronel João Sá. Ela está na rota que a lama seguirá. Então, pedimos que as pessoas procurem ajuda. Já fiquei sabendo que a prefeitura está fazendo o trabalho de retirada dos moradores. Muitos já foram para abrigos", pontuou. 

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Barragem se rompe e água já invade povoado na Bahia; vídeo.

 

Uma barragem do povoado de Quati (BA), que pertence ao município de Pedro Alexandre (BA), localizado a 435 km de Salvador, se rompeu na manhã desta quinta-feira (11). As informações são do G1 Bahia.

 
Foto: Divulgação/PRF

Ao G1, a defesa civil informou que as chuvas fortes que atingiram o interior baianos podem ter contribuído para o rompimento da barragem. 

A cidade Coronel João Sá, que fica a cerca de 45 km do município de Pedro Alexandre, pode ser atingida pela água e lama advinda do rompimento da barragem. Há risco de invasão dos imóveis e prejuízos materiais. 

Em sua conta no Instagram, o prefeito de Coronel João Sá, explicou que esta situação é atípica e pediu para que as pessoas saíssem das duas casas e fossem em direção às escolas da cidade. 


Em entrevista ao G1, a coordenadora de Defesa Civil em Pedro Alexandre, Carla Leão, afirmou que algumas casas que ficam no povoado de Quati foram invadida pela lama. 

 
 


"Algumas casas foram invadidas, mas não teve feridos. Ainda não conseguimos contato com esses moradores porque o povoado está ilhado. Tem muita lama e água no caminho. Apesar disso, sabemos que eles não foram atingidos porque entramos em contato antes, e eles deixaram as casas antes do rompimento", disse a coordenadora ao G1.

"A preocupação é com a cidade de Coronel João Sá. Ela está na rota que a lama seguirá. Então, pedimos que as pessoas procurem ajuda. Já fiquei sabendo que a prefeitura está fazendo o trabalho de retirada dos moradores. Muitos já foram para abrigos", pontuou. 

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]
Fale com a redação!

Responderemos assim que possível